Vacina é a principal forma de prevenção contra o HPV

Meninas e jovens de 9 a 26 anos podem se vacinar para prevenir a doença

Mariane de Oliveira

A ginecologista Carmem mostra algumas doenças sexualmente transmissíveis em estado avançado (Foto: Maíra Cardoso)

O HPV (papilomavírus humano) é uma das principais doenças transmitidas pelo sexo. Existem mais de 100 tipos diferentes, podendo afetar tanto homens como mulheres, porém nas últimas a infecção tem maiores chances de se agravar. Como o vírus depende apenas do contato com a pele de alguém infectado, não é preciso que exista penetração para que ocorra a contaminação.

A maioria das pessoas contaminadas apresenta infecções menos perigosas ou assintomáticas. Mas aquelas que são infectadas pelo vírus de alto-risco, muitas vezes, desenvolvem câncer no cérvix, vulva, vagina, ânus e pênis. Já existe vacina para prevenir o HPV nas mulheres, e a ginecologista Carmem T. Schimith Damo informou ao Prosa e Prozac que o recomendável é que mulheres de 9 a 26 anos façam a vacina.

Segundo Damo, em Frederico Westphalen muitas mães estão levando suas filhas, ainda novas, aos consultórios dos ginecologistas para receber informações de como prevenir a doença. Além da vacina, é de extrema importância que mulheres com vida sexual ativa façam, pelo menos uma vez ao ano, o exame Papanicolau (preventivo), assim é possível diagnosticar qualquer alteração no colo do útero da mulher. Se o resultado for negativo nos dois últimos exames, a vacina de prevenção poderá ser feita sem qualquer problema.

A vacina deve ser tomada em três etapas: a primeira dose na escolha do paciente; a segunda, dois meses após a primeira; e a terceira quatro meses após a última. A imunização, após as três doses da vacina, é de mais de cinco anos. Cada dose custa, em média, R$ 364 e pode ser adquirida apenas por encomenda.

É possível – e indispensável – adotar outras medidas para não contrair o HPV, como evitar ter muitos parceiros sexuais e usar sempre o preservativo. A vacinação, porém, ainda é o método de prevenção mais eficiente para as mulheres. Sua eficácia chega a ser de 95%, combatendo os causadores de câncer e das verrugas genitais. Estudos ainda estão sendo feitos para avaliar a eficácia da vacina em homens de 16 a 26 anos.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

2 respostas a Vacina é a principal forma de prevenção contra o HPV

  1. Pingback: Como prevenir o câncer do colo uterino |

  2. Pingback: Vacina anti-HPV para homens! |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s