Primeiro, o socorro!

Em caso de acidente de trânsito, não faça nada por impulso

Marcielle Martins

Instrutor Jair dos Santos simula atendimento a emergência em curso de condutores (Foto: Marcielle Martins)

Sinalização do local do acidente, acionamento correto dos serviços de emergência, avaliação das vítimas e utilização de técnicas simples são algumas das providências iniciais que devem ser tomadas no local de qualquer acidente com vítimas até a chegada das equipes de socorro. Procedimentos simples como esses podem, muitas vezes, salvar a vida do acidentado, ou mesmo deixar sua situação melhor.

Em primeiro lugar, cabe ao leigo sinalizar o local do acidente, acionar o socorro, socorrer a vítima e aguardar. Nem sempre o que o leigo sabe, pode ou deve ser feito: caso exista serviço de socorro especializado que possa chegar ao local, o leigo não está autorizado a executar certos procedimentos na vítima, porque a prestação inadequada de um socorro pode agravar as lesões que são o primeiro trauma e provocar outras lesões, o segundo trauma.

O primeiro trauma são as lesões sofridas pela vítima e consequência do acidente em si: queimaduras, fraturas, ferimentos, contusões.  A essa vítima, os primeiros momentos de atendimento são de extrema importância para não agravar o quadro já existente. O segundo trauma são as lesões oriundas de uma socorro inadequado. Um osso fraturado (primeiro trauma), por exemplo, pode causar sérias  lesões na medula, causando paralisia irreversível.

Paula Zanatta,  acadêmica de Engenharia Florestal, está em sua primeira habilitação, para isso é necessário que curse aulas teóricas de primeiros socorros.  A universitária acredita que as noções de socorro não servem somente para a primeira habiltação: “As aulas servem também para acontecimentos imprevistos que, em qualquer circunstância, são essenciais na vida dos cidadãos. O conhecimento básico das providências que devem ser tomadas pode ser aplicado desde os acidentes de trânsitos aos acidentes domésticos”, conclui a estudante.

Conforme Jair dos Santos, policial militar e instrutor do Centro de Formação de Condutores (CFC) de Frederico Westphalen, “ Em acidentes de trânsito, a importância de prestar os primeiros socorros a uma vítima acidentada pode significar a vida  ou o óbito. Segundo as normas técnicas de medicina de tráfego,  existem procedimentos que são específicos de especialistas, tais como remoção e transporte de vítimas. Basicamente, deve-se isolar  o local, sinalizar com  pisca alerta, triângulos ou ramos verdes”, orienta Santos.

Tempo é vida. Por isso, quanto mais rápido o socorro especializado puder chegar ao local, melhor será para a saúde da vítima. Existem bombeiros, técnicos de enfermagem, policiais e agentes de rodovias que estão sempre prontos para atender aos  chamados de socorro. Além disso, alguns trechos e rodovias que tem pedágios contam com a presença de técnicos de enfermagem e ambulâncias com equipamentos para primeiros socorros.

Formas Legais

A legislação brasileira assegura que é obrigação de todos, sejam eles envolvidos ou não no acidente, prestar socorro à vítima, quando não há riscos às pessoas que estão socorrendo. O código de Trânsito Brasileiro, nos artigos 176 e 177, dispõe que é considerado infração de trânsito quando o condutor  envolvido em acidente com vítima deixa de prestar socorros. Pelos artigos 302 (III), 304 e 305 é enquadrado como crime de trânsito, o condutor do veículo que não prestar socorro a vítima. O Código Penal , no artigo 135, dispõe que é crime não prestar assistência – quando possível fazê-lo sem risco à pessoa ferida ou a quem socorre – e não solicitar, nesse caso, socorro à autoridade pública.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s