Todos contra as cáries!

Cuidado com a sáude bucal da criança começa ainda na barriga da futura mamãe

Priscila da Silveira

Enzo, de três anos, já escova os dentes sozinho (Foto: Priscila da Silveira)

Os dentes são mais que pura estética: eles são fundamentais para que se tenha uma vida saudável. Na infância, os cuidados com a dentição devem vir desde a barriga da mãe, pois é dentro do útero que os germes dentários começam a se formar. A mãe deve ter uma alimentação balanceada para garantir uma dentição saudável para o bebê. Por isso, na gravidez é essencial se alimentar de forma correta, reduzindo açúcares e carboidratos.

Logo nos primeiros dias de vida, antes mesmo de aparecerem os primeiros dentinhos, a limpeza bucal já deve ser realizada com frequência. Para fazer a higienização da boca da criança, é aconselhável usar gazes ou fralda umedecida em água filtrada. A indicação é que a limpeza seja feita após as mamadas.

A odontopediatra Hermelita da Cas Scapin, 58, diz que o uso de dedeiras é aconselhável para fazer a higienização bucal de um bebê: “quando começam a nascer os primeiros dentinhos, a mãe pode começar a usar as dedeiras, que podem ser compradas em farmácias. O cuidado maior que se deve ter é quando nascem os dentinhos superiores e, principalmente, os molares, que ficam localizados mais ao fundo. Esses dentes inferiores têm tubos e fissuras e, a partir desse momento, a escova deve entrar em ação”, explica Hermelita.

É importante alertar que a cárie é contagiosa e, por isso, nenhum objeto deve passar pela boca de um adulto antes de ser levado à criança. O hábito de experimentar papinhas ou colocar a chupeta na boca para limpá-la pode contaminar e fazer com que surjam as indesejadas cáries.

A escova de uma criança deve ser adequada para a idade dela. De preferência, deve ser pequena e macia. Para tornar a escovação um hábito agradável, alguns pais apostam em escovas e cremes dentais temáticos, como é o caso da camareira Angélica Koop, 33: “Meu filho tem três anos de idade e já escova os dentes sozinho, eu apenas o supervisiono. Como ele gosta de desenhos infantis, nós compramos escovas e cremes dentais dos personagens preferidos dele. Acredito que isso torne a escovação mais interessante para meu filho”, conta a mãe.

Mesmo o flúor sendo um dos principais meios para prevenção da cárie, o creme dental deve ser usado com cautela. A partir do momento em que a criança aprende a cuspir, ela pode fazer uso de cremes dentais. Antes disso, não é necessário. Já o enxaguatório bucal é contra-indicado para crianças menores de seis anos.

A escovação infantil é importante para manter a saúde da boca e do corpo. Se os dentes não estão saudáveis, a alimentação pode ser prejudicada, pois com a falta dos dentes ou com dores fortes provocadas pelas cáries, as crianças acabam não se alimentando de forma correta. Os doces e refrigerantes também são inimigos e, por serem os favoritos das crianças, acabam ajudando na formação de placas bacterianas.

“A cárie é formada quando o dente está com uma sujeirinha, que a gente chama de placa. Esse local contém restos alimentares, e a bactéria vai metabolizar essa sujeirinha e soltar um ácido que vai atacar o esmalte do dente. A parte mineral vai sair e o dente começa a amolecer e aí surge cárie”, acrescenta Hermelita.

O ato de escovar os dentes diariamente deve ser incentivado, porém, por diversas vezes, a escovação é esquecida, seja pela preguiça, ou pela correria do dia a dia. Alguns pais acabam deixando de lado as instruções sobre escovação e permitem que a criança siga a escovação sozinha. Por isso, a escola tem papel fundamental na aprendizagem e construção de hábitos saudáveis.

Professora Josiane auxiliando na escovação infantil (Foto: Priscila da Silveira)

A professora Josiane Cristina Copatti, 34, conta que o maternal da escola Nossa Senhora Auxiliadora realiza o projeto “Conhecendo Minha Identidade” desde fevereiro. Nesse projeto, as crianças puderam conhecer os benefícios de manter a boca livre das cáries.

“A partir desse projeto, nós começamos a fazer a escovação diariamente, após o lanche. Nós ensinamos tudo através de brincadeiras, não forçamos ninguém a escovar. As crianças aprendem e ensinam os pais a fazer em casa, ou seja, o hábito não é mantido somente em ambiente escolar, ele é levado para fora daqui”, comenta Josiane.

É importante manter os dentes de leite saudáveis para que a mastigação ocorra normalmente. Os dentes de leite, chamados decíduos, servem de orientação para os dentes permanentes. Se um dente de leite cair, o dente ao lado tende a inclinar, tomando o espaço daquele que irá nascer. Esse evento pode causar danos na dentição da criança que, provavelmente, terá de usar aparelho.

Os problemas de saúde bucal infantil podem ser evitados com simples iniciativas, como, por exemplo, boa alimentação e escovação correta. É fundamental que a escola também incentive o aluno a escovar os dentes para que ele possa criar o hábito da escovação, levando essa aprendizagem para casa e ensinando aos pais sobre a importância de ter uma boca saudável.

Confira, abaixo, vídeo com dicas de como manter a saúde bucal das crianças:

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s