Naturologia em prol da saúde

Tratamentos naturais podem auxiliar em diversas patologias

Luiz Fernando Barp

Receitas caseiras já fazem parte da rotina dos brasileiros (Foto: Luiz Fernando Barp)

As terapias complementares, segundo naturologistas, são grandes parceiras da medicina tradicional. A Naturologia está preparada para auxiliar no processo de cura de várias patologias físicas, emocionais, psicológicas, entre outras, podendo agir de forma direta ou complementar a outros tratamentos clínicos. O seu trabalho consiste em utilizar alguns recursos naturais que são destinados para a manutenção e recuperação da saúde dos pacientes.

Entre as formas de tratamento que a Naturologia trabalha, a Fitoterapia é uma das mais comuns. Utilizar ervas para chás e compressas é, para muitas pessoas, uma tradição antiga, passada de geração em geração. É o caso da aposentada Júlia Almeida, 67, que aprendeu com a mãe a escolher as ervas. “Minha mãe me ensinou que marcela é bom para dor de estômago, então sempre que como algo que não me faz bem faço um chá de marcela e tudo se resolve. Já quando estou muito nervosa, pego folhas de laranja, que tem o efeito calmante”, conta a aposentada.

Por mais que um chá ingerido ocasionalmente não faça mal, àqueles que desejam começar um tratamento naturológico é indicado, antes de tudo, que se busque um profissional formado na área. A partir disso, o naturólogo poderá analisar o paciente e definir o tratamento.

Para o cardiologista Antônio Barbosa, 68, mesmo que a Associação de Médicos do Brasil (AMB) não reconheça esses produtos, eles podem ser utilizados após pesquisas. Segundo ele, muitos medicamentos industrializados têm sua origem em ervas medicinais. Sua dosagem é regulada, e isso quem costuma fazer são pesquisadores e farmacêuticos.

Contudo, segundo o naturólogo Christiam Moreira Felizardo, 25, em momento algum a medicina alternativa anula a importância dos medicamentos industrializados: “como todo profissional, o naturólogo possui limites e deve reconhecer isso, buscando as soluções com o próprio indivíduo em questão e com outros profissionais”, afirma o naturólogo.

Quando o assunto é saúde e medicamentos, muitas dúvidas costumam aparecer. Crenças e costumes às vezes ainda prevalecem em alguns tratamentos, por isso o mais importante é que antes de ingerir qualquer medicamento se busque informações. Hoje são inúmeras universidades que formam profissionais aptos a auxiliar no tratamento de doenças, portanto, se automedicar pode ser arriscado.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s