Palavras cruzadas aumentam o raciocínio

De passatempo à estimulante cerebral (Foto: Shana Nazário)

Normalmente as pessoas querem descansar a mente de outros assuntos e utilizam as palavras cruzadas para se distrair, sem pensar primeiramente nos benefícios que terão ao fazer associações para chegar às respostas. Esse passatempo, entretanto, está sendo recomendado por clínicos que tratam pacientes com mal de Alzheimer e na reabilitação cognitiva. A justificativa pela escolha dessa  atividade é que ela exige memória, trabalha a linguagem, a atenção e também planejamento para encaixar as respostas nos espaços determinados.

“Embora a aprendizagem seja mais fácil na infância, o cérebro não para de se desenvolver, mesmo em idade avançada”. É o que diz o neurologista Oliver Sacks que recentemente apresentou em seu artigo, no jornal The New York Times, a capacidade do cérebro de aprender coisas novas. Sacks é citado na edição especial nº 27 da revista Mente e Cérebro, que traz como assunto especial a memória.

Para o neurologista, toda vez que desempenhamos alguma habilidade já conhecida ou aprendemos uma nova, as conexões neurais se reforçam e, ao longo do tempo, os neurônios criam mais conexões com outros neurônios.

O cérebro, assim como os músculos de nosso corpo, precisa ser exercitado e receber estímulos. As palavras cruzadas são uma boa pedida!

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s